Categoria: 'rapidinhas-da-savannah'


Minhas Cores

Publicado em 07/07/2014 13:55 | Categorias: rapidinhas-da-savannah; ;

Nova exposição da artista plástica Katia Velo  


Acontece dia 15 de julho (terça-feira), das 18h às 20h30 na Fundação Mokiti Okada o lançamento da nova exposição “Minhas Cores” da artista plástica, colunista cultural, curadora e  professora de arte Katia Velo. Diferentemente do que ocorreu em algumas das suas exposições individuais: Símbolos (2005) na Fundação Mokiti Okada, Arabescos (2007) na Galeria de Arte de SJP, Adornos (2007) e Tapisserie (2009) ambas no Sesc Água Verde , Arabesques Nouveau (2010) no Sesc Centro, Adornos Maria Antonieta (2010) na sede da APAP/PR na Sala Osmar Chromiec  e Adornos Monocromáticos (2012) na Fundação Mokiti Okada, nesta exposição não houve uma pesquisa específica.  “O meu principal objetivo na exposição ‘Minhas Cores’ foi responder à questão  ‘O que me move a pintar’. E rapidamente a resposta foi: As cores. Sempre me encantei pelas cores”. Declara Katia Velo.

No entanto, como descreve a artista é difícil partir de algo do qual não se sabe exatamente aonde se quer chegar. Confessadamente Katia Velo utilizou a intuição e o seu desejo. O objetivo ao pintar era a busca pelo prazer. Neste caminho, fez obras das quais nunca havia feito antes, como as naturezas mortas. O pintar e o repintar são características marcantes do seu trabalho, talvez um traço da sua personalidade inquieta e agitada.
“Próximo de finalizar a exposição ‘Minhas Cores’ observo que mesmo buscando um caminho totalmente diferente, indubitavelmente deixo traços dos quais sempre os fiz. Isto me faz pensar que mesmo tentando mudar, essencialmente, somos sempre os mesmos”. Destaca Katia.
De acordo com a artista tudo e todos nos afetam de uma maneira ou outra. E não diferentemente a artista sofre várias influências  como Matisse (pelo uso das cores), Aldemir Martins (pelo uso das cores puras e primárias), Beatriz Milhazes (pela feminilidade) e até das suas curadorias como as obras da artista plástica Arlene Senegaglia  que utiliza a natureza morta como inspiração.


Sobre Katia Velo


Paulistana, residente em São José dos Pinhais há mais de 10 anos. Bacharelada e Licenciada em Letras pela Universidade Anhembi Morumbi- São Paulo/ SP. Possui cursos de especialização na área de educação pela USP – Universidade de São Paulo. Especialista em História da Arte Moderna e Contemporânea pela  EMBAP/PR. Frequentemente participa de workshops, palestras e viagens culturais, nacionais e internacionais. Realiza palestras com temas que englobam museologia, história da arte e técnicas de pintura. É Agente cultural do Paraná.  Professora de arte, colunista cultural, curadora, artista plástica e fotógrafa. Tem atuado de forma significativa nas áreas relacionadas à arte, educação, cultura e entretenimento. Atuou como chefe de divisão de Artes Plásticas, Música e Literatura e Assessora e Curadora na Secretaria Municipal de Cultura de São José dos Pinhais. Fez parte do CACEV – Centro de Arte Contemporânea Edilson Viriato. É Diretora de Comunicação na APAP/PR e Professora de Arte da Escola Evolutiva.  Possui em seu currículo mais de 15 exposições individuais e mais de 100 coletivas (nacionais e internacionais); participações e premiações em vários Salões de Arte (nacionais e internacionais). Por sua atuação tem recebido homenagens através de certificados, medalhas, menções honrosas e trofeus de órgãos públicos e privados.


 
Depoimento sobre a exposição “Minhas Cores”


Intensidade da cor


A intensidade da cor é o universo no qual se desenvolve boa parte do trabalho de Katia Velo. Lidar com as tonalidades é um grande desafio, pois se trata de um conjunto tão amplo que sempre há o risco do artista se perder, sem saber em qual direção pode desenvolver a sua pesquisa visual.
Katia Velo opta por percorrer a jornada das manchas e dos diálogos cromáticos. Existe um caminho diferenciado por um movimento interno, intuitivo, mas que também se caracteriza por uma sucessão de escolhas, em que cada uma delas alerta para um questionamento do próprio significado da criação.
Ao se contemplar o resultado da pesquisa, é possível dizer que as cores são para a artista uma forma de expressão e, acima de tudo, de diálogo com o mundo, por meio de seu trabalho, ela permite que se pense a cor não apenas como uma manifestação perceptível ao olhar, mas como uma interpretação da realidade.
Desse ponto de vista, ou seja, de um amadurecido processo de reflexão sobre aquilo que vem fazendo ao longo de sua trajetória, Katia Velo traz, em suas veredas coloridas, um fértil lirismo particular, marcado pela coragem do arriscar e pela liberdade de dizer aquilo que deseja por meio das conversas entre o que pretende e o que realiza.
Oscar D’Ambrosio é doutor em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Mackenzie e mestre em Artes pelo Instituto de Artes da Unesp.

 


 

 

Realização:

Coluna Katia Velo
Fundação Mokiti Okada

Apoio:

Brava Alarmes Monitorados
Dona Ragnel Pães Artesanais
Escola Evolutiva
Evinha Britto Foto & Vídeo
Guia SJP
Jornal  Folha da Mulher
Savannah Ações em Comunicação
Trevisan Comunicação Visual
Vinhos Zanchetta
Wizard SJP

Serviço:

Artista plástica: KATIA VELO
Título: MINHAS CORES
Local: GALERIA DE ARTE FUNDAÇÃO MOKITI OKADA
Vernissage: Dia 15 de julho, das 18h00 às 20h30.
Período de exposição: De 16 de julho a 11 de agosto de 2014.
Endereço: RUA MANOEL EUFRÁSIO, 1400 – CENTRO CÍVICO – CURITIBA -PR
Informações: Tel.: (41) 3026-3347
Horário de visitação: Segunda à sexta das 9h às 20h/ Sábados das 9h às 18h
ENTRADA: FRANCA
CLASSIFICAÇÃO: LIVRE

 



Savannah na mídia

Publicado em 03/07/2014 17:27 | Categorias: rapidinhas-da-savannah; ;

Os sócios da Savannah, Jaqueline e Michel, foram personagens de uma reportagem da rádio Band News que traz dicas para casais que trabalham juntos. <3

 



Árvore dos 10 anos

Publicado em 27/06/2014 14:28 | Categorias: rapidinhas-da-savannah;

Para marcar os 10 anos da Savannah, os colaboradores foram convidados a deixar sua marca registrada na história da agência. Cada um pintou o dedo e deu vida à árvore que antes era formada apenas por galhos. A partir de agora, o quadro fará parte da decoração da sala de reuniões.

 



>>21

41 3035 5669 | Rua Joinville, 2508 - 1o Andar - Pedro Moro - CEP 83020 000 - São José dos Pinhais - PR | Contatos do interior do PR